Como funciona a Portaria Virtual?

A tecnologia é uma grande aliada que proporciona praticidade, economia, precisão e, o mais importante, segurança. E é com todas essas qualidades que a portaria virtual surge como uma opção muito eficiente para o serviço de portaria. É uma solução que vem sendo adotada por condomínios, empresas e demais instituições públicas e privadas que dependem de um controle de portaria funcional, que possa ser realizado com economia e sem perda de qualidade. Com esse guia prático vai ficar mais fácil entender como funciona a Portaria Virtual.

Como funciona?

A portaria virtual é composta por um conjunto de câmeras de vídeo, sensores, sistema de controle de acesso e interfones com tecnologia IP instalados nos locais em que se precisa controlar o acesso de pessoas e veículos. E também pode ser integrada a outros recursos de segurança (como por exemplo sistemas de alarmes) e é mensurada de acordo com a necessidade do contratante.

Para entender melhor, acompanhe essa descrição passo a passo, tendo como exemplo de cenário o controle da portaria de um edifício residencial.

Alguém, seja um visitante, um entregador ou um prestador de serviço, chega à portaria do edifício e aciona normalmente o interfone.

Ao invés do interfone tocar na guarita do porteiro físico ou diretamente no apartamento do morador, ele será atendido por um atendente remoto que está em um Central, acompanhando o sistema de câmeras do edifício. Essa Central permanece conectada durante as 24 horas do dia, 365 dias do ano, contando com uma série de mecanismos de possibilidade em casos falta de energia ou de Internet (gerador, nobreaks, redundância de links, etc…)

Esses atendentes e monitores da Central, cumprem procedimentos rigorosos para identificação dos visitantes, conferindo número de documentos e verificando as imagens pelas câmeras.

Como se fosse um porteiro físico, mas ainda mais rigoroso com as normas, o monitor verifica as informações e as repassa para quem estiver no apartamento, cabendo a essa pessoa autorizar ou não o acesso do anunciado.

Após a autorização, ele libera o portão ali mesmo pela Central, permitindo que o visitante entre no condomínio.

Outro ponto benéficio é que ao mesmo tempo, o monitoramento por vídeo pode controlar o acesso às garagens. E todos esses procedimentos são registrados por um software e por vídeo.

O controle de acesso de pessoas e de veículos é totalmente seguro, e ainda permite a recuperação de dados, se necessário.

Esses procedimentos são igualmente seguidos em edifícios comerciais ou em quaisquer outros locais que exijam esse tipo de controle de portaria virtual.