Portaria Virtual ou Portaria Remota: qual é o termo correto para esse tipo de serviço?

Portaria Virtual ou Portaria Remota: qual é o termo correto para esse tipo de serviço?

Antes de entrarmos na definição desses conceitos, devemos analisar primeiro o que se está buscando para o condomínio ou para a empresa e ter cuidado em focar apenas nos termos. Isso porque têm pessoas que usam um e pessoas que usam o outro, mas devemos identificar o que que está por trás daquela nomenclatura e qual serviço está sendo vendido.

Existem vários tipos de serviços de Portaria, sendo alguns mais completos e outros mais simples.

Um dos modelos de portaria funciona assim: Quando chega um visitante no local ele toca o interfone e a Central atende todas as chamadas, identificando as pessoas que chegarem. Logo após isso, entra em contato com o morador e este diz se ela está liberada ou não para entrar no condomínio. A central, então, libera a porta para a pessoa entrar, registra a entrada e acompanha pelas câmeras. Este serviço, por exemplo, é bem completo e a central atua como se tivesse um porteiro no local.

Esse tipo de portaria descrito pode ser chamado de virtual ou remoto?

Pode ser chamado de virtual porque é uma portaria que utiliza o ambiente virtual, ou seja, a internet é utilizada para atender a portaria. E de acordo com o Dicionário Priberam, a palavra virtual significa que é feito ou simulado por meios eletrônicos. Então mesmo que seja um atendimento de portaria 100%, ou seja, que a Central sempre vai atender, podemos chamar de virtual porque é feito pelos meios eletrônicos.

E por que também pode ser chamada de Remota? Porque a Portaria é atendida de um local distante.

Muitas pessoas querem definir que tem que ser chamada de um jeito ou de outro, mas pelo dicionário nós temos brecha para as duas situações.

A tecnologia pode causar essas dúvidas, justamente porque essas inovações vieram depois das palavras. Mas o mais importante é entender o que está por trás daquele serviço.

Então ao contratar esse tipo de serviço, pergunte sempre se a Central é 24 horas, se vai atender todas as chamadas, se vão monitorar as imagens do local

em tempo integral ou não, se os moradores vão atender de forma compartilhada essa Portaria ou não. Isso é o mais importante.

Então fica a dica, procure saber o que está por trás do serviço e não se atenham somente aos nomes.

Para solicitar um orçamento, entre em contato conosco:

(34) 3229-2276

[email protected]