Portaria virtual X portaria autônoma: qual a diferença? - Grupo Força Tarefa

Portaria virtual X portaria autônoma: qual a diferença?

Compartilhe:

Portaria virtual e portaria autônoma são importantes tipos de tecnologia utilizados em condomínios. Descubra aqui suas diferenças e a melhor opção para você!

Muitos nomes podem nos confundir, principalmente quando o assunto é tecnologia, certo? É o caso da portaria virtual e da portaria autônoma.

Assim, a ideia aqui é que você entenda as funções de cada uma dessas modalidades de portaria, principalmente por suas diferenças.

Então, se você quer saber mais sobre portaria virtual e portaria autônoma, e qual pode escolher, acompanhe nosso conteúdo!

O que é portaria virtual?

A portaria virtual tem atendimento feito por um ser humano que, a distância e pela internet, consegue atender e gerenciar a portaria de um local, com sistema de controle de acesso e câmeras.

Assim, este modelo de portaria conta com profissionais em uma central de monitoramento, sempre seguindo protocolos de segurança.

Isso porque a portaria virtual mantém seu monitoramento e controle de acesso 24h por dia, e isso sem a necessidade de um porteiro, por exemplo.

Sendo assim, o acesso de qualquer visitante é liberado pela equipe de monitoramento, além de haver um botão de pânico, em caso de emergências com moradores.

O que é portaria autônoma?

A portaria autônoma, apesar de também contar com a tecnologia, tem como principal diferença a autonomia, que no caso é dos moradores.

Ou seja, ao invés de os visitantes serem atendidos por uma central de controle e monitoramento, o sistema é automatizado e controlado pelos próprios moradores.

Dessa forma, as solicitações de acesso ocorrem através de um dispositivo presente na residência ou no celular do morador, por exemplo.

Isso significa que os moradores e funcionários autorizados conseguem identificar e liberar visitas, sem precisar que outra pessoa faça isso.

Portaria virtual X portaria autônoma: qual devo contratar?

Créditos: giphy.com

Agora que você já sabe algumas das principais diferenças sobre portaria virtual e portaria autônoma, a pergunta que fica é: qual devo contratar?

Porém, a resposta que podemos dar é: depende! É preciso analisar o modelo mais interessante para os moradores, de acordo com suas necessidades.

Dito isso, as opções são um monitoramento através de uma equipe especializada; ou contar com a tecnologia de maneira mais autônoma.

Fale com a Força Tarefa!

Como você pôde perceber, existem vários pontos a serem considerados diante da contratação de uma portaria virtual ou portaria autônoma.

Mas se você continua com dúvidas, acesse o canal do especialista em Gestão de Riscos do Grupo Força Tarefa, Igor Rocha, para saber mais sobre este assunto.

Além disso, em nosso site você também tem mais detalhes sobre nossos serviços de portaria virtual e portaria autônoma. Conte conosco!