6 dicas para aumentar a segurança residencial - Grupo Força Tarefa

RECEBA NOSSAS NOVIDADES

Posts recentes

Categorias

Tags

6 dicas para aumentar a segurança residencial

Compartilhe:

Você sabe como garantir a sua segurança residencial? Aqui te damos algumas dicas simples e valiosas para ter mais segurança em sua casa.

Isso pode ou não ser comum para você, mas a maior parte das pessoas depende apenas da segurança pública para proteger sua residência.

Assim, a segurança residencial se baseia em ações diante de alguma situação ou atitude criminosa, por exemplo.

Mas, se você pensa também em ações preventivas para a segurança da sua casa, essas dicas foram feitas para você! Acompanhe.

Garanta sua segurança residencial

Sentir-se seguro(a) dentro de casa, e até quando se está longe dela, é a sensação que todas as pessoas esperam ter.

Por isso, preparamos um guia com dicas importantíssimas sobre segurança residencial, sobre hábitos e serviços que você pode incluir no seu dia a dia. Confira!

Créditos: giphy.com

1. Fachada com segurança residencial

Primeiramente, uma característica recomendada para a segurança residencial é que o muro tenha altura de 2 a 3 metros.

Também inclua concertinas ou cercas elétricas; e evite opções de escalada nos detalhes arquitetônicos, além de saliências, cantos e vãos que dificultem ou impeçam a visualização de pessoas.

Por fim, uma dica simples é colocar o número da residência de forma bem visível, facilitando sua localização em caso de emergência, por exemplo.

2. Ilumine bem a sua casa

Imagine a seguinte situação: você chega sozinho(a) à noite e conta somente com a iluminação pública na entrada de sua casa! Isso já diz muito sobre a necessidade de segurança residencial, certo?

Por isso, garanta uma fachada e quintal bem iluminados, já que a luz é inimiga dos invasores.

Dê preferência aos sensores para entradas e caminhos de acesso! Assim, a iluminação será mantida somente no momento certo.

Por fim, sempre mantenha a iluminação fora do alcance, para não ter chance de as lâmpadas serem removidas ou quebradas.

3. Portas, janelas e sacadas com segurança residencial

Para as portas, a principal dica é optar por fechaduras tetra ou multiponto. E nunca use o método de esconder suas chaves do lado de fora: dê, por exemplo, uma chave extra a uma pessoa de confiança.

Nas janelas, a recomendação sobre segurança residencial é ter trancas extras e, caso sejam muito próximas de portas, nunca deixe a chave na fechadura, já que ela pode ser alcançada.

Para o caso das sacadas, a dica principal é que não seja encostada na parede ou muro lateral, pois isto pode facilitar o acesso pelo lado do vizinho.

Por fim, a segurança também pode ser garantida por meio de grades/redes de proteção nas janelas e sacadas, protegendo contra quedas e evitando invasões.

4. Tenha uma vizinhança segura

Poder contar com pessoas ao redor, além de fazer bem para o convívio social, também se inclui nas medidas de segurança residencial.

Por isso, conheça seus vizinhos, onde trabalham, seus hábitos, horários de saída e chegada, telefone, etc.

Além disso, estabeleça um acordo mútuo com pelo menos dois deles no sentido de manter a residência sob vigilância, especialmente quando alguém estiver fora.

5. Crie seus hábitos de segurança residencial

Investir apenas em alguns itens não é garantia completa de segurança residencial. Ou seja, sua própria criação de hábitos também pode contribuir!

Sempre verifique se há ou não alguma movimentação estranha nos arredores, bem como pessoas desconhecidas.

Atenção também às entregas e prestação de serviços solicitados. Verifique se o que está sendo anunciado para entrar na sua casa é, de fato, o que você encomendou.

6. Contrate um sistema completo de segurança

Câmeras de segurança, monitoramento, sistemas de alarme, sensores de presença, vigilância e segurança perimetral. Tudo isso pode, sim, te auxiliar na segurança residencial.

Mas… Você conhece cada um desses termos técnicos? Sabe para quê cada um deles serve e, principalmente, sabe se precisa de todos eles?

É por isso que, para além de contratar um ou outro serviço, e ter um ou outro equipamento, nossa última dica acompanha um olhar muito mais atento a alguns detalhes. A seguir, te explicamos mais sobre isso!

Conte com a Força Tarefa!

Além de seguir importantes dicas de segurança residencial, você precisa dos equipamentos e serviços certos para a sua casa.

Essa escolha deve ser feita por profissionais, de forma criteriosa! Estes são os métodos utilizados pelo Grupo Força Tarefa.

A partir de nossa experiência e tecnologia de ponta, realizamos um mapeamento detalhado sobre as necessidades da sua residência, criando um sistema de segurança personalizado.

Entre em contato conosco e solicite um orçamento. Para a segurança da sua residência, conte com a Força Tarefa!