Vigilância: O que um vigilante faz? - Grupo Força Tarefa

RECEBA NOSSAS NOVIDADES

Posts recentes

Categorias

Tags

Vigilância: O que um vigilante faz?

Compartilhe:

Você já se perguntou algumas vezes qual é a função de um vigilante? Como ele consegue tomar atitudes certas em momentos de pressão e como você pode se tornar um vigilante.

Para sanar essas dúvidas e saber mais sobre segurança privada continue lendo e nós acompanhando aqui!

Como se iniciou?

   A função de vigilante foi iniciada juntamente com a segurança privada,  em 1820 nos Estados Unidos, e vem trazendo benefícios até hoje.

   O início da segurança privada se deu devido a um grupo de homens, que foi organizado por Allan Pinkerton, com o objetivo em suma de proteger o presidente Abraham Lincoln. Devido a Allan, a Piketon se tornou a primeira empresa de segurança privada do mundo.

Abraham Lincoln

Porém, aqui no Brasil, as empresas que seguem esse ramo começaram apenas na década de 70, mas a categoria vigilante, foi oficializada apenas em 1983 pela lei 7.102/83.

O que o vigilante faz?

Um vigilante tem como função zelar pela integridade física e material de pessoas, empresas, eventos ou até instituições. Ele faz a segurança do local e das pessoas, averiguando atitudes suspeitas e mitigando perdas.

Mas, isto pode ser dividido em diversas funções que ele pode exercer. Algumas delas são:

  • Segurança Pessoal;
  • Vigilante patrimonial;
  • Escolta armada;
  • Vigilância em Bancos
  • Vigilância em Hospitais
  • Vigilância Condutor de Veículos

Estas, e outras, são as áreas que um vigilante pode exercer após ter feito o seu curso.

Como se profissionalizar como vigilante?

Para ser vigilante é necessário realizar o curso que vai capacitar o profissional para poder exercer tal função. 

Contudo, para fazer o curso, o profissional precisa ter pelo menos 21 anos de idade, uma boa saúde física e mental, além de passar por testes de psicotécnica e avaliação médica para poder exercer a função. (Além, é claro, de não possuir antecedentes criminais) 

Mas não pense que após o curso o vigilante já não precisa de mais nada. Aqui, na Força Tarefa, nossos vigilantes são constantemente treinados e orientados por nossos líderes – profissionais na área da segurança.

Além disso, tem a reciclagem que é necessário ser feita a cada 2 anos. E mesmo que o profissional não esteja atuando, basta ele fazer a reciclagem e pode retornar a sua área.

Como escolher a empresa certa de vigilância?

Uma das primeiras coisas que você deve olhar é se a empresa que você está pretendendo contratar é uma empresa que fornece serviço de vigilância ou de vigia. Pois o serviço de vigilância é regulamentado pela polícia federal e o serviço de vigia não.

Além disso, não é apenas fazer segurança. Este serviço envolve muitas coisas, para saber mais você pode assistir o vídeo abaixo.

A segunda coisa que você deve ver é se esta empresa é idônea, se tem pessoas confiáveis e com experiência na área para poder gerenciar a empresa.

Por isso, recomendamos que vocês conheçam mais sobre a Força Tarefa. Somos uma empresa com muitos anos de experiência, contamos com diretores com vasta experiência nesse mercado e levamos sempre o mais atual em tecnologia para poder fornecer não apenas segurança, mas atualidade e tranquilidade para os nossos clientes.

Clique aqui e solicite o seu orçamento, e se quiser saber mais sobre segurança, nos sigam nas redes sociais e cadastre seu e-mail para receber as nossas novidades! Até a próxima.